• Usinas Itamarati
  • Busca
 
 
 
 
 

Qualidade de Vida


A Usinas Itamarati prioriza o bem-estar de seus trabalhadores. Disponibiliza adequada estrutura interna e envolve um conjunto de fatores que proporcionam para uma vida melhor. A empresa implantou programas que contribuem para mudança de comportamento, vivência de valores, crescimento profissional e humano, disciplina, respeito e atenção à saúde e segurança no trabalho.

Alimentação
A empresa conta com um restaurante central, onde foi montada uma cozinha industrial com modernos equipamentos, sistema de preparo de alto nível e controle de qualidade. As refeições são distribuídas em cinco refeitórios localizados estrategicamente. Dois deles funcionam nos alojamentos dos trabalhadores rurais, facilitando o acesso e garantindo alimentação de qualidade.




Alojamentos e concessão de moradias
Também em cumprimento à legislação NR31, a Usinas Itamarati fornece aos trabalhadores rurais alojamentos montados com enxoval completo, camas, ventiladores, vestiários, além de televisão nos refeitórios e área para a prática esportiva.
Com a finalidade de incentivar a fixação de seus trabalhadores na região e preocupada com o desenvolvimento das cidades circunvizinhas, a Usinas Itamarati disponibiliza 438 moradias a seus empregados.

Saúde
Qualidade de vida, saúde e segurança de seus profissionais e prestadores de serviços são questões prioritárias para a empresa. Para proporcionar um atendimento seguro, humanizado e eficiente, a Usinas Itamarati integrou a segurança, a medicina do trabalho e o serviço social.

Responsável por realizar exames ocupacionais e assistenciais, programas de imunização e prevenção de doenças, palestras e campanhas educacionais, o Ambulatório Médico funciona 24 horas por dia. A Usinas Itamarati conta com uma equipe própria em sua Clínica Odontológica, realizando atendimentos preventivos e tratamentos dentários aos trabalhadores e seus dependentes. Mantém também convênios com profissionais externos.




Ginástica Laboral: foi implantada com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores rurais envolvidos no corte e no plantio manual de cana-de-açúcar. O programa foi estendido, no ano de 2008, para as diversas áreas da empresa, atingindo ao final do ano 100% dos empregados. Diariamente, profissionais especializados aplicam exercícios de preparação, aquecimento e relaxamento.


Segurança no Trabalho
No Sistema de Gestão da Saúde e Segurança Ocupacional, a Usinas Itamarati adota sete ferramentas, previamente divulgadas e discutidas com os empregados. Além disso, é realizada uma auditoria, mensalmente, pelos técnicos de segurança, e apresentado o relatório, nas Reuniões de Segurança Programadas (RSP’s).

As ferramentas do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional são as seguintes:

Comunicação e investigação em caso de acidentes: consta de procedimentos para comunicação e posterior investigação de acidentes de trabalho com lesão humana e/ou danos materiais.

Diálogo Diário de Segurança (DDS): são reuniões diárias de curta duração, que abordam temas relacionados à segurança e saúde do trabalho.





Reunião de Segurança Programada (RSP): reuniões periódicas, que abordam temas relacionados à segurança e saúde do trabalho.

Patrulha de Segurança: inspeções periódicas para detectar eventuais atos e/ou condições inseguras no ambiente de trabalho, relatando-as e adotando as ações devidas.

Projeto Orientador: orienta os empregados sobre os riscos na manutenção durante a entressafra e recomenda ações de controle para eliminá-los ou minimizá-los, supervisionando a execução da atividade.

Alerta Mútuo: intensifica a comunicação sobre os temas “segurança e saúde”, colaborando para o desenvolvimento de ações preventivas que garantam um ambiente de trabalho seguro e saudável. O alerta mútuo pode ser praticado diariamente por qualquer empregado que observe uma situação irregular ou de risco.

Auditoria do Sistema: verifica o cumprimento das ações estabelecidas pelas ferramentas do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional e avalia o desempenho das gerências.

A conscientização dos empregados sobre a responsabilidade quanto à própria segurança e à da sua equipe, na aplicação das ferramentas de segurança e no alinhamento em relação à meta “Acidente Zero” resultou em expressiva redução do índice de acidentes.


Acidente Zero: o trabalho desenvolvido para atingir o objetivo de “Acidente Zero” foi o responsável pelos resultados expressivos alcançados, em função do comprometimento dos profissionais. A área de Segurança do Trabalho teve uma redução drástica de acidentes, com e sem afastamento. Passou de 646 acidentes em 2004 para 75 acidentes em 2008.

Guardiões da Segurança: como parte dos novos programas na área de Segurança do Trabalho, foi criado o grupo “Guardiões da Segurança” voltado para a prevenção de acidentes na área industrial. E também a ferramenta “Aconteceu Comigo”, que desenvolve um trabalho preventivo ao divulgar e analisar os “quase” acidentes ocorridos dentro ou fora da Usinas Itamarati.

Programas: dentre as ações de prevenção a exposição aos riscos ambientais, a Usinas Itamarati implantou os programas de Proteção Respiratória e Programa de Conservação Auditiva.
Brigada de Incêndio: a Brigada de Incêndio da Usinas Itamarati é considerada uma das mais bem-equipadas do Estado do Mato Grosso, contando com dezenove caminhões-pipas. Implantou, na Unidade de Empacotamento, um sistema completo de prevenção com hidrantes, canhões móveis, alarmes, detectores de fumaça, sinalização de emergência e extintores.

CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes: trabalha para garantir e integridade física de todos os que interagem com a empresa. Diversas campanhas foram realizadas, como a Campanha de Prevenção de Acidentes com as Mãos e Patrulha de Trânsito para conscientização dos motoristas. Anualmente, antes do início de safra, é realizada a eleição para a diretoria da comissão. Fazem parte da comissão representantes das empresas que prestam serviços para a Usinas Itamarati.