PESQUISA

23 de maio de 2017

Participe da Campanha de Doação de Sangue

Nos dias 24 e 25 será realizada a Campanha de Doação de Sangue, como parte da programação da 8ª Semana de Responsabilidade Socioambiental da Usinas Itamarati

Comunicação Usinas Itamarati

Como em quase todas as edições anteriores da Semana de Responsabilidade Socioambiental da Usinas Itamarati, a programação agrega a Campanha de Doação de Sangue. É importante que todos os trabalhadores em condições de doar participem. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, Mato Grosso tem pouco mais de três milhões de habitantes e apenas 1% é doador voluntário de sangue.

Doar sangue é um gesto de solidariedade. E a coleta de 400 ml de sangue, o que equivale a aproximadamente uma bolsa de coleta, pode salvar até quatro vidas.

Como e onde doar

A doação de sangue pode ser feita nos dias 24 e 25 de maio, das 08h00 às 16h00, no Ambulatório Médico da empresa.

Vídeo produzido pela Heads Propaganda, para divulgação da campanha de doação de sangue do HemoRio. Clique aqui e veja o vídeo diretamente no Youtube.

Quem pode doar

Para ser doador de sangue é preciso ter entre 18 e 65 anos de idade e pesar mais de 50 kg. Confira as recomendações da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso:

Condições básicas para doar sangue:

  • Sentir-se bem, com saúde;
  • Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional;
  • Ter entre 18 e 65 anos de idade;
  • Ter peso acima de 50Kg.

Recomendações para o dia da doação:

  • Nunca vá doar sangue em jejum;
  • Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;
  • Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
  • Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação;
  • Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho.

Quem não pode doar?

  • Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;
  • Mulheres grávidas ou amamentando;
  • Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas;
  • Usuários de drogas;
  • Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

Saiba mais sobre a Semana de Responsabilidade Socioambiental: clique aqui